Direcção da Agricultura, Pecuária e Pescas

A Direcção Municipal da Agricultura é o órgão da Administração Municipal do Amboim encarregue a coordenação das actividades de desenvolvimento agrário do Município, que acompanha e controla as actividades da Agricultura Pecuária e Pescas no Município. A Direcção possui um plano de actividade servindo o mesmo com guia orientadora das actividades a realizar ao longo do ano.

COMPOSIÇÃO

A Direcção Municipal da Agricultura, Pecuária e Pescas é composta por duas Secções:

Agricultura

Pecuária e Pescas

Esta Direcção tem como órgãos de extensão rural os institutos públicos tais como:

  1. Brigada Técnica do Café do Instituto Nacional do Café
  2. Brigada de Fiscalização do IDF   
  3. Estação de Desenvolvimento Agrário
  4. Secção das Pescas
  5. Serviços Veterinários

SERVIÇOS QUE DESEMPENHAM

  • Esta Direcção intercede no processo de distribuição e legalização de terrenos agrícolas, apresentação de propostas no quadro de desenvolvimento agrário baseado no programa de desenvolvimento do Município.
  • Os órgãos representativos dos Institutos públicos trabalham sob coordenação vertical das direcções destes através de programas de desenvolvimento, e horizontal da Direcção Municipal da Agricultura. São estes encarregues de participar na execução do PDM dadas as especificidades das suas acções em termos técnicos.
  • A Direcção Municipal da Agricultura, Pecuária e Pescas apoia as actividades de constituição de cooperativas, organização comunitária de grupos de produtores, estruturação do meio rural através de empresas e cooperativas procurando levar para o campo empresas que possam apoiar e financiar a produção agrícola na proximidade. Está em curso a organização de blocos culturais nas áreas de Assango, Quisseque, Candele e Esperança resultantes da distribuição de kits agrícolas, bem como escolas de campo de café nas localidades de Povo no Puder, Gumba e Maria Ganza como formas de facilitar a concentração de esforços na linha de assistência técnica directa as comunidade.

Actualmente o Município concentra-se a executar o projecto SAMAP na sua fase preparatória envolvendo as áreas de Mussaulo, Donga, Quina e Zâmbia onde serão implantadas escolas de campo como forma de transferência de tecnologia de técnicos para a comunidade agrícola bem como o aproveitamento do potencial de conhecimentos das comunidades para a sua transmissão aos vários elementos que compõem os grupos.

A capacitação das comunidades para o fortalecimento das capacidades técnicas e administração dos produtores constitui uma prioridade e este ano já foi realizado um seminário as lideranças das cooperativas com a participação de 12 cooperativas e cerca de 80 participantes.

Um trabalho de distribuição de mudas de café tem decorrido com alguma normalidade para o fortalecimento da cultura do café que constitui prioridade para o desenvolvimento do Município.

A área de veterinária tem realizado a vacinação antirrábica de forma regular e agora realiza o apoio a assistência de manada de caprinos e ovinos ao nível de alguns privados.

A proteção dos recursas florestais e fauna selvagem tem sido levada a cabo pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal dentro das insuficiências ainda reinantes quer em termos de meios humanos como matérias.

LOCALIZAÇÃO: RUA 11 DE NOVEMBRO / Travessa do BFA / Zona C defronte a Gabelense

Contacto: 923 374 549